21 de junho de 2012

Entrevista| Alinne na Quem: 'Meu trabalho não é ser bonita'

Share & Comment

Uma das atrizes mais bonitas de sua geração, Alinne Moraes terá um árduo trabalho no palco: ficar feia durante o espetáculo Doroteia, de Nelson Rodrigues, dirigido por João Fonseca. Sem nenhum tipo de maquiagem, ela vai recorrer às expressões faciais e corporais e ao seu talento para interpretar a personagem-título, uma prostituta que perde o filho e passa a enxergar o sexo, a beleza e seu jeito de ser como algo sujo e também motivo de seu sofrimento. "Dou quatro passos para o fundo do palco e a transformação acontece", diz Alinne, que recusou alguns trabalhos na TV, entre eles uma participação no remake de Guerra dos Sexos, para estrear a segunda pessa da sua carreira.


Nos tempos de modelo, na adolescência, a atriz também tentou esconder sua beleza, pois não queria chamar a atenção dos homens. E, quando começou a atuar, conta que precisou muito provar ser mais do que um rosto bonito. "Que casamento é esse que eu tenho que ter com a beleza?", questiona. Confira a seguir os melhores trechos do bate-papo da atriz com a QUEM.






>>"ENFEIAMENTO"

"É uma transformação corporal. Vai ter uma boca torta, vou tentar mostrar o rosto de maneira mais irregular. O balé me trouxe uma experi~encia e uma expressão corporal incríveis. Nós nos preocupamos mais com isso do que com qualquer tipo de maquiagem. Você tem que sentir que está acontecendo. O que quero dizer é que, por exemplo, fiz uma tetraplégica (a personagem Luciana, da novela Viver a Vida, em 2009) e em nenhum momento fiquei me olhando no espelho e me sentindo uma tetraplégica;tentei achar uma tetraplégica dentro de mim. Então tem que vir de dentro de você. Dou quatro passos para o fundo do palco e transformação acontece."

>>COMPOSIÇÃO

Não quis me preparar, fui sendo preparada ao longo do tempo. Estive o mais aberta, presente e concentrada possível. Não tenho formação em teatro, mas em 2007 fiz a peça Dhrama- O Incrível Diálogo Entre Krishna e Arjuna, do João Falcão-, que foi muito bem aceita pelo público e crítica. Mesmo assim, me sinto muito insegura ainda, apesar de a história dela ser muito clara: ela é uma prostituta, o filho fica doente e eela não tem dinheiro para pagar o médico, então acaba se relacionando com ele como pagamento. O filho morre, e ela passa a se sentir culpada.

>>TRABALHOS FUTUROS

Tenho uma série com o José Alvarenga(diretor) e a Fernanda Young(autora) para o final do ano, com o Danton Mello no elenco, mas não vi nada ainda. O título não está fechado, mas sei que vai falar sobre o fim do mundo e sobre as coisas malucas que queremos fazer antes que ele acabe.

>>RITUAL

Antes de entrar no palco, geralmente aqueço a voz e dou uma alongada no corpo. Além disso, também rezo e peço uma benção a minha avó. A energia muda. A cho que o ator é um canal por onde passam as emoções todas que chegam até o público, para sentir um retorno.

>>REALIZAÇÃO

Estou muito feliz com tudo que a arte me trouxe. A arte realmente te salva, te dá um entendi mento sobre a vida, o mundo, o ser humano, te abre novos horizontes, então sou realizada nesse sentido. Mas a realização vem de um dia após o outro, basta acordar e ver que está tudo bem. Não tive a oportunidade de atuar antes por milhões de coisas, trabalhei pra caramba, mas não me atarapalhou porque, de repente, as pessoas já tinham entendido que em mim existia uma coisa diferente. Os atores se identificam, pelo cheiro a gente sabe que é um ator.

>>BELEZA

Muitas vezes, aos 15, 16 anos, quando era modelo e andava de ônibus em São Paulo, já tentei me enfeiar, colocar um boné, não chamar atenção dos pedreiros de obras(risos). E, ao mesmo tempo, tentando provar além da beleza o tempo todo. Que casamento é esse que eu tenho que ter com a beleza? Meu trabalho não é ser bonita, meu trabalho é meu trabalho (risos).

>>ANSIEDADE

Fico ansiosa, mas faz parte do processo. Estou me preparando há dois meses, ensaiando diariamente por 12 horas. É esse nervosismo mostra que não estamos preparados. Só que, ao mesmo tempo, ele tem que ser nosso aliado. Todos esses sentimentos mais delicados temos que administrar e usar a nosso favor.


Tags: , , , , ,
 

Mural de Recados

Fan Page no Facebook

Projetos

→ Rock Story (Novela) - No ar
→ 'Os Saltimbancos Trapalhões' (Em Cartaz)
→ 'A Paixão Segundo João' (Cinema)

Tumblr

Instagram Oficial @AlinneMoraes

Copyright © Alinne Moraes Fãs | Designed by Templateism.com