14 de outubro de 2009

Preparação e emoção

Share & Comment

Alan de Faria
do Agora

Um dos papéis mais desafiadores da carreira de Alinne Moraes, a personagem Luciana, de "Viver a Vida" (Globo), tem exigido da atriz muito empenho e trabalho. A preparação para dar vida à modelo mimada, que irá se tornar paraplégica, começou em abril. As cenas da tragédia irão ao ar ainda neste mês, quando Luciana irá com Helena (Taís Araújo) para a Jordânia. Durante a viagem, o micro-ônibus em que a filha de Marcos (José Mayer) está cai de um barranco. O fato chocará o núcleo principal da trama de Maneco.

Para encarar o desafio, que ainda será gravado, Alinne tem contado com o apoio da preparadora de elenco da Globo Patricia Carvalho-Oliveira, responsável pelos exercícios de interpretação que dão tom à personagem; e com a ajuda da cadeirante Flávia Cintra, que narrou detalhes de sua vida para ajudar a atriz a compor um papel verossímil. Uma jornalista de 36 anos, ela é deficiente física desde os 18, quando sofreu um acidente.

"A Alinne terá de passar todos os sentimentos da Luciana pelo rosto, sem a ajuda dos movimentos do braço, por exemplo. O que é complicado, pois a Alinne é expansiva e gesticula muito", diz Patricia.

Além disso, segundo a preparadora, a atriz terá o desafio de mostrar (e interpretar) a lenta recuperação da personagem. No decorrer da trama, Luciana irá readquirir os movimentos. O acidente a aproximará ainda mais do médico Miguel (Mateus Solano), com quem Luciana acabará se casando --após colocar um ponto final no noivado com o irmão gêmeo dele, Jorge. Durante a lua de mel do casal, que será em Paris, a modelo já terá uma relativa autonomia sobre o seu corpo.

Trabalho duro
Para alcançar esses resultados, Patricia propôs vários exercícios: desde assistir a filmes sobre o dia a dia dos deficientes --o que incluiu se informar sobre a vida sexual deles-- a permanecer sobre uma cadeira de rodas e notar o ambiente ao seu redor.

Nesse sentido, Patricia aponta a importância de Flávia Cintra no trabalho de Alinne. "Nas primeiras vezes em que nos encontramos, conversamos sobre o que significa a perda dos movimentos", conta Flávia. "Percebi que a Alinne tem consciência da importância desse desafio que é interpretar uma paraplégica que terá uma vida normal", completa a jornalista.

Patricia elogia a atriz. "Ela mergulha no trabalho e está sempre disposta a executar as tarefas propostas", conta. A preparadora utiliza uma técnica chamada "Lupa - o Ator Consciente". "É preciso que o ator conheça o seu próprio corpo", explica.

Emoção
Em vários momentos da preparação, as três choraram. "Emocionou-me ver que os movimentos dela na cadeira de rodas [a atriz tem uma feita sob medida] são plásticos", diz Flávia. "Quando descobrimos particularidades da Luciana, nós nos alegramos. Notamos que, antes do acidente, ela só passa pelo mundo. Depois, passa a observá-lo", finaliza Patricia.


http://www.agora.uol.com.br/show/ult10111u637421.shtml

Tags: ,

0 Comentários:

 

Mural de Recados

Fan Page no Facebook

Projetos

→ Rock Story (Novela) - No ar
→ 'Os Saltimbancos Trapalhões' (Em Cartaz)
→ 'A Paixão Segundo João' (Cinema)

Tumblr

Instagram Oficial @AlinneMoraes

Copyright © Alinne Moraes Fãs | Designed by Templateism.com