28 de abril de 2008

Revista Capricho: Me sinto uma bonequinha de luxo

Share & Comment
Publicado em 28/04/2008 15:55


Em entrevista para a CAPRICHO, Alinne Moraes revela como sua personagem, a vilã Sílvia de Duas Caras, apresentou a ela o incrível mundo dos acessórios e mexeu com o seu guarda-roupa!


Quando você viu o figurino da Sílvia pela primeira vez, o que achou? 
Pra mim, ficou claro que ela entendia muito de moda. Do tipo que lê revistas como Harper’s Bazaar e Vogue. Ao mesmo tempo, sabia que ela ia causar estranheza para quem não gosta muito de moda. Mas também sabia que as pessoas iam se adaptar rapidinho ao estilo dela.


Logo vira moda, né?
Exatamente. Quando eu cortei a franja e apareci no primeiro capítulo, meus amigos me ligavam, falando: “Diz que é peruca, por favor, diz que não cortaram seu cabelo”. Eles estavam acostumados com a Alinne de cabelo ondulado. Mas eu não tinha dúvida de que as pessoas se adaptariam. Tanto que, quando a novela estreou, vieram umas críticas ao cabelo e, logo depois, começaram a sair notas positivas.

Foi difícil ter que mudar o cabelo?
Para mim, não. Eu já sabia que seria mais ou menos isso quando fui conversar com o cabeleireiro. Eu tinha acabado de passar por Paris, assim como a Sílvia na novela, e visto que não tinha nenhuma loira com reflexo. Vi mais cabelos de tons chocolate, meio a protagonista de O Diabo Veste Prada.

O novo corte exigiu cuidados especiais?
O cabelo da Sílvia – liso e com franja – eu uso pra Sílvia. Pro meu dia-a-dia, sou mais básica. Como o meu trabalho sempre pede uma maquiagem, uma transformação, em casa eu tento não me transformar. Tento relaxar, ficar natural. Não penso em arrumar cabelo! Quero curtir o meu dia, pois tenho pouco tempo livre. Então, faço um rabo-de-cavalo e fico com os meus cachorros, dando ração, limpando a piscina... (risos)


Mesmo a Silvia sendo diferente de você, deu para aproveitar coisas do estilo dela? 
Um pouco. Eu acho que eu estou misturando mais, ousando mais à noite, para sair. Antes eu usava poucos acessórios. Estou prestando mais atenção em cintos, pulseiras, colares. Até estou usando uns brincos maiores.


E você saiu comprando acessórios ou pediu ajuda pra alguém? 
Não, já tinha algumas coisas em casa, até mesmo de brechó, mas que eu não ousava usar. Agora estou mais segura. Sabe, a gente aprende muito com o personagem.


Tem alguma coisa no estilo da Sílvia que pra você não ficaria legal?
Aquelas saias balonês! É assim que chama? Eu não gosto em mim, mas nela fica lindo. Tem umas calças muito justas que ela usa, meia-calça, disso eu também não gosto. Não curto nada grudado. Prefiro camiseta, saia, peças mais leves e soltas.


É tão difícil definir o próprio estilo. Como você conseguiu definir o seu? 
Com 17 para 18 anos. Foi quando eu fiquei mesmo sozinha, fiz novos amigos e vim para o Rio. Até então, eu era muito escrava da moda. Porque, quando você é modelo, faz todo dia um trabalho diferente, acaba se envolvendo com as novas tendências.

E fica com vontade de usar...
Exatamente. Você quer o que está na moda porque, quando você vai fazer um teste, só pensa em agradar. Eu não tinha um estilo próprio. Isso é um erro! Eu não entendia que, sendo eu mesma, poderia agradar muito mais.


É você quem compra sua roupa? 
Sim, mas eu preciso me apaixonar. Não entro e fico olhando muita coisa. Eu tenho um pouco de preguiça, na verdade. Geralmente, vou ao shopping pra comprar livro, CD, revista e aí olho alguma peça.


Seu guarda-roupa é organizado?
Bastante. É que eu tenho problemas. (risos) Eu gosto de tudo no lugar, do meu jeito. Acho que libriano é um pouco assim, né? Talvez seja pelo fato de ser filha única. Eu sei onde está cada coisa e, se alguém mexe, parece que fica tudo meio desestruturado.


Você já usou alguma moda e depois se arrependeu? 
Nossa, na época em que trabalhava no Japão, usei aquelas botas enormes, com saltos gigantescos. Comprei até tênis com aqueles saltos. (risos) Trouxe para o Brasil, mas nunca usei. O Japão é outro mundo mesmo. É um desenho animado.


Você se veste rápido para sair? 
Para trabalhar, coloco qualquer roupa. Agora, se eu vou sair, penso logo num vestido, que é mais prático e eu sei que não vou errar. (risos)

Tem alguém que influenciou seu jeito de se vestir?
Não. E eu acho que até poderia me ligar mais um pouco nisso. Sou muito relaxada. Às vezes, eu acerto, mas é só às vezes! (risos) Gosto de me sentir bem. Tem que ficar bonito e confortável ao mesmo tempo. Acho lindos vestidinhos curtos, mas não me sinto bem usando. E ainda colocar um short por baixo, como muitas amigas fazem? Ah, não gosto.

Você já usou a roupa errada?
Já. (risos) No casamento de uma amiga. Fui com uma blusinha, achando que seria uma cerimônia pequena, algo simples. Eu também estava trabalhando, só ia passar para dar um beijo nela. Então, eu fui com um short verde curtinho, com uma sandália rasteira e uma blusa de alcinha. Paguei um mico, mas tudo bem. (risos)


Depois da Sílvia, rolou um policiamento com o que você veste? 
Pode ser que sim... As revistas começaram a prestar mais atenção no que eu uso. Estão dizendo que eu era mais romântica e agora a Silvia me deixou mais ousada.

Você concorda?
Sim. O personagem vai te contaminando. Só não pode deixar contaminar por completo porque se não perde a essência. Mas estou ousando um pouco mais sim!

(Capricho) 

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Moda por Alinne Moraes

 



Sempre que posso, converso sobre moda com as nossas celebrities da capa. Aproveitei o ensaio com a Alinne Moraes, que é linda, pra saber o que ela curte usar.
Alinne chegou no estúdio de chinelo, míni jeans, camiseta (incleaveland da Isabela Capeto) e uma maxi-bolsa prata que faz toda a diferença.

Peça favorita"Corselet da Glória Coelho, vai bem com tudo, é atemporal. Tenho desde os 14 anos."
Ícone Fashion
"Audrey Hepburn. Ela é chique, romântica, glamurosa…"
Acessório que mais gosta
"Um anel em ônix. sempre compro anéis pretos em geral."
Estilo
"Quanto mais confortável, melhor. Se olhar no espelho e se sentir bem."
Roupa coringa para dias de festa
"Tubinho básico preto"
O que você emprestaria do guarda-roupa da personagem Sílvia?
"Todos os vestidos dela."
Última peça que comprou
"Uma sapatilha dourada que vai bem com tudo."
O que não entra no seu armário
"Calça jeans justa. Aquelas que esticam, bem baile funk."


Tags: , , , , ,

0 Comentários:

 

Mural de Recados

Fan Page no Facebook

Projetos

→ Rock Story (Novela) - No ar
→ 'Os Saltimbancos Trapalhões' (Em Cartaz)
→ 'A Paixão Segundo João' (Cinema)

Tumblr

Instagram Oficial @AlinneMoraes

Copyright © Alinne Moraes Fãs | Designed by Templateism.com